BRASIL PRA FRENTE

BRASIL PRA FRENTE!
O RIO DE JANEIRO DE PÉ PELO BRASIL!





















quinta-feira, 8 de maio de 2014

Dilma: Pronatec é um dos pilares da política educacional


Dilma conversa com sobre Pronatec pelo Facebook. Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR
Dilma conversa com sobre Pronatec pelo Facebook. Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR
A presidenta Dilma Rousseff reforçou que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) vai se tornar uma política de Estado, pois é um dos pilares da política educacional de todo e qualquer país desenvolvido. Na conversa com internautas pela página do Palácio do Planalto no Facebook, nesta quinta-feira (8), Dilma ainda listou outros programas da educação que beneficiam os estudantes brasileiros, desde as creches até o ensino superior.
“O Pronatec sem dúvida será um dos principais legados que nós deixaremos, junto com o programa das seis mil creches, Alfabetização na Idade Certa, as 60 mil escolas de tempo integral, os ônibus do Caminho da Escola, e o caminho de oportunidades para a educação superior com: o Enem; o aumento das vagas nas universidades federais junto com a lei de cotas; o acesso à universidade privada com o ProUni; a ampliação para 1,6 milhão de contratos de financiamento para educação superior; o Ciência sem Fronteiras, levando a 101 mil bolsas concedidas até o final de 2014, para que estudantes brasileiros tenham acesso as melhores universidades no exterior”, escreveu.
Em resposta à página da Confederação Nacional da Indústria no Facebook, Dilma afirmou que a CNI é um grande parceiro do Pronatec, graças a parceria qualificada do Senai. Ela comentou que a formação profissional é um elemento fundamental para o aumento da produtividade no Brasil, mencionou financiamentos do BNDES para construir institutos de inovação e tecnologia, e ressaltou que, da mesma forma, também investe nas escolas técnicas federais, já que o governo fez 208 unidades, das quais 170 estão em funcionamento.
“O aumento da produtividade no Brasil requer a adoção de melhorias em processos e produtos. Para isso, a formação profissional é um elemento fundamental. O BNDES financiou com R$ 1,5 bilhão a construção pelo Senai de 25 Institutos Senai de Inovação e de 60 Institutos Senai de Tecnologia. Isto vai contribuir muito para que a incorporação de inovações no processo produtivo permita ao Brasil dar um salto de qualidade no seu crescimento”, analisou.
A presidenta ainda reforçou que o Pronatec se tornará uma política de Estado, pois é um dos pilares da política educacional de todo e qualquer país desenvolvido. Dilma também lembrou que o governo já prepara o Pronatec 2.0, para manter as condições do programa atual, além de incluir mais cursos para melhorar a gestão de microempreendedores individuais e pequenos empresários.
“O governo federal coloca para esse Pronatec atual R$ 14 bilhões até o final de 2014. Nós estamos preparando o Pronatec 2.0 e vamos manter essas condições. (…) Nós pretendemos, até o final do mês, apresentar o Pronatec 2.0. Posso adiantar uma informação: nesse novo Pronatec, devido a demandas que recebemos no primeiro, iremos também incluir cursos para melhorar a gestão de microempreendedores individuais e pequenos empresários”, anunciou.
http://blog.planalto.gov.br/

Nenhum comentário: