BRASIL PRA FRENTE

BRASIL PRA FRENTE!
O RIO DE JANEIRO DE PÉ PELO BRASIL!





















quinta-feira, 18 de julho de 2013

É importante qualificar o trabalho dos brasileiros, afirma Dilma em formatura do Pronatec


527.352 pessoas em 1.531 municípios já tiveram acesso a cursos do Pronatec para beneficiários do Brasil Sem Miséria. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
527.352 pessoas em 1.531 municípios já tiveram acesso a cursos do Pronatec para beneficiários do Brasil Sem Miséria. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
A presidenta Dilma Rousseff falou nesta quinta-feira (18) sobre a importância da qualificação dos trabalhadores para o desenvolvimento do país. Hoje, em Fortaleza, aconteceu a cerimônia de formatura de cerca de 3 mil alunos matriculados em cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) voltados ao público do Plano Brasil Sem Miséria.
“É importante porque nós queremos, cada vez mais, qualificar o trabalho dos brasileiros e das brasileiras. (…) O país só se desenvolve quando os seus trabalhadores são capazes de um trabalho qualificado, o de um especialista. (…) Isso significa que vocês aumentam o valor do produto que você faz e do serviço que você presta. E também vai significar sempre um salário maior”, destacou.
Em pouco mais de um ano e meio, 527.352 pessoas em 1.531 municípios se matricularam nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) voltados ao público do Plano Brasil Sem Miséria, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).
Quase 50% das matrículas – 263 mil – foram realizadas nos primeiros seis meses de 2013. Entre os alunos inscritos, 55% têm entre 15 e 29 anos e 66% são mulheres. Até 2014, a meta é alcançar 1 milhão de pessoas inscritas.
São beneficiários de programas como o Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Pessoas como as auxiliares de cozinha Madalena da Silva, 42 anos, e Simony Paulina da Silva, 29 anos, que conseguiram emprego antes mesmo de concluir o curso de qualificação no SENAC.
“Minha vida mudou. Minha realidade agora é o meu emprego, mas agora eu também posso pensar no futuro, e quem sabe, sonhar até em fazer uma faculdade”, planeja Simony.
Para Madalena, o emprego significa poder oferecer uma vida melhor para a família. “Com meu primeiro salário, já consegui fazer uma pequena reforma na minha casa e é isso que quero continuar fazendo, oferecendo uma vida melhor para meus filhos”, afirma.

Nenhum comentário: