BRASIL PRA FRENTE

BRASIL PRA FRENTE!
O RIO DE JANEIRO DE PÉ PELO BRASIL!





















segunda-feira, 23 de março de 2015

Senado dos EUA diz que HSBC Brasil era usado para financiar grupos terroristas



Obtivemos com exclusividade o relatório do Senado Estadunidense sobre o maior caso de corrupção já detectado no mundo, ele traz a revelação de que o HSBC brasileiro era usado para financiar ditaduras, grupos criminosos e terroristas

Por Redação, com a colaboração de Miguel do Rosário para o Portal Metrópole

As autoridades americanas levaram a sério o escândalo do Swissleaks, ou Suiçalão, envolvendo contas secretas de seus cidadãos no HSBC suíço.
A filial suíça do banco é acusada de ignorar crimes de clientes e ajudar milhares de correntistas a sonegar impostos em seus países.
O HSBC EUA, segundo o relatório, opera com mais de 3,8 milhões de clientes nos EUA, movimentando mais de US$ 200 bilhões.
O relatório obtido com exclusividade pelo portal mostra que o HSBC brasileiro era usado para financiar grupos terroristas como a Al-Qaeda. O caso pode ser mais grave do que pensamos, já que também eram financiadas ditaduras e ditadores além de grupos criminosos pelo mundo a fora.
O esquema era executado no Brasil pois os Estados Unidos não permite transações para o Irã e outros países extremos.
Com 339 páginas de relatórios complexos, o senado americano já conseguiu detalhar o esquema do HSBC ao menos na América. 
O relatório da Subcomissão Permanente de Investigações do Senado sobre o HSBC Holdings PLC também afirma que os reguladores americanos sabiam que o banco tinha um sistema deficiente de detecção de problemas mas não agiram.
Uma audiência terça-feira sobre o tema ocorre nesta terça-feira. O HSBC informou que seus executivos pedirão desculpas pelas falhas prometerão corrigi-la.
O Departamento de Justiça informou que está conduzindo uma investigação criminal sobre as operações do HSBC.

Confira o artigo original no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/03/senado-americano-diz-que-hsbc-brasil.html#ixzz3VDutvSEi

Nenhum comentário: