BRASIL PRA FRENTE

BRASIL PRA FRENTE!
O RIO DE JANEIRO DE PÉ PELO BRASIL!





















terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Angra dos Reis ganha hospital com 170 leitos


Unidade municipal contará com um aporte anual de R$ 18 milhões do Governo do Estado 
06012013 hospitaljapuiba 18A cidade de Angra dos Reis, na Costa Verde, ganhou, nesta segunda-feira (6/1), o Hospital Geral da Japuíba Jorge Elias Miguel. Destinada a atender emergências médicas do município e arredores por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), a unidade municipal tem 170 leitos e contará com um aporte anual de R$ 18 milhões do Governo do Estado, para sua manutenção. Os recursos para custeio incluem ainda R$ 36 milhões anuais do governo federal e R$ 18 milhões ao ano da Prefeitura de Angra.
O hospital absorverá a demanda do pronto socorro municipal – que realiza cerca de 4 mil atendimentos por mês – e da Santa Casa de Misericórdia de Angra dos Reis, que está sob intervenção da prefeitura. A expectativa do governo municipal é de que a unidade esteja em pleno funcionamento até dezembro, com cerca de 800 funcionários.
O objetivo é que o hospital se torne referência em ortopedia, neurocirurgia e oftalmologia. Equipado com cinco salas de centro cirúrgico, um centro de exames de imagem e um laboratório de análises clínicas, o hospital já funciona há um mês e possui também UTIs pediátrica e para adultos e um centro oftalmológico.
Durante a cerimônia, realizada no dia em que a cidade de Angra completa 512 anos, o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, destacou, ao lado da prefeita Conceição Rabha, a importância da inauguração do Hospital Geral da Japuíba para a população da cidade e de municípios vizinhos, como Paraty, Mangaratiba, Rio Claro e Itaguaí.
– Esta unidade tem um grande simbolismo, porque sintetiza o que sempre pregamos no Somando Forças: a parceria dos governos federal, estadual e municipal. Ainda vamos fazer uma série de parcerias em obras aqui em Angra pelo Somando Forças: tem a Delegacia da Mulher e o CVT (Centro Vocacional Tecnológico) – afirmou Pezão.
Atendimento aprovado pela população
A servidora pública Daniela Flores, de 50 anos, aprovou o atendimento na unidade. Com seu pai, Pedro, de 75 anos, internado à espera de uma cirurgia no fêmur, ela contou que está satisfeita com o tratamento que ele tem recebido, desde que foi transferido de outra unidade pública de saúde.
– O hospital é todo equipado, moderno, tudo é limpo e novo. A equipe tem sido muito atenciosa com meu pai. Espero que esta unidade se torne também universitária e possa abrigar uma residência médica, o que será muito bom para a cidade. Angra precisava disso – disse a servidora.
O Hospital Geral de Japuíba Jorge Elias Miguel foi construído no final dos anos 90 e início dos anos 2000. A obra levou 8 anos para ser concluída a um custo de aproximadamente R$ 80 milhões, dos quais R$ 40 milhões provenientes da Eletronuclear.
Mesmo após o compromisso do governo federal de prover 50% dos recursos necessários (R$ 36 milhões ao ano), a prefeitura só dispunha de 25% (R$ 18 milhões anuais) para o custeio. Somente depois do compromisso firmado pelo Estado com o Município, no fim do ano passado, de aportar os 25% restantes, foi possível a abertura plena do hospital.

Fonte: Subsecretaria de Comunicação Social do Governo do Estado

Nenhum comentário: